Santa Casa da Misericórdia da Murtosa » CAFAP – Auto(Ria)
 

CAFAP – Auto(Ria)


No passado dia 9 de Março de 2011, o CAFAP terminou a dinamização do Programa de Prevenção e Intervenção em Meio Familiar com filhos adolescentes – Auto(Ria).

Durante 13 sessões, pais e filhos foram convidados a realizar uma “viagem” pelas suas próprias famílias, através do acompanhamento da história da “família Silva”, que havia sonhado construir um barco moliceiro para navegar na Ria e preparar os seus filhos para a vida adulta. O barco é encarado, metaforicamente, como a própria família, que se constrói, progressivamente, a partir de várias dimensões: os pais foram tendo oportunidade de reflectir acerca da identidade familiar, das suas forças, dos seus sonhos, dos seus valores, em suma, da forma como sempre pretenderam criar os seus filhos e como sempre sonharam a sua família. Depois de terem tido espaço para encetarem estas reflexões, foram convidados a entregar aos seus filhos o “fruto” do seu trabalho – o próprio moliceiro construído. Os filhos receberam, portanto, o “testemunho” dos seus pais, convertendo-se, eles próprios, em construtores da sua auto(ria) e em co-construtores da sua família. Com o trabalho desenvolvido pelos filhos, sempre com a monitorização dos pais, estes foram “apetrechando” o seu barco, dotando-o dos instrumentos que podem tornar a vida em família mais fácil e feliz e preparando-os, simultaneamente, para irem pensando no seu futuro, enquanto adultos autónomos e autores.

No final, tal como conta a “história” da família Silva, os filhos, a Rita e o João, estavam finalmente preparados para navegarem sozinhos na Ria. Tinham um barco sólido para navegar, barco esse que os seus pais haviam arquitectado e tinham apetrechos que lhes permitiriam antecipar algumas das dificuldades que a travessia da vida poderá levantar. Estavam portanto, preparados para a “viagem inaugural”…

Também as famílias participantes deste grupo foram convidadas a, simbolicamente, realizarem a sua “viagem inaugural”. Neste sentido, todos nos deslocámos ao cais do Bico, para fazer a largada dos barcos moliceiros que haviam sido construídos ao longo das sessões. Nesta viagem, os adolescentes tinham um papel de destaque, mantendo-se os seus pais como observadores atentos. No final da largada, todos foram convidados a partilhar um lanche-piquenique.



Comentários estão fechados.


© 2009 Santa Casa da Misericórdia da Murtosa | desenvolvido com Wordpress | Template por Jorge Oliveira | Entries (RSS) and Comments (RSS).