Author Archive

Natal 2011 – CAFAP da SCMM


Terça-feira, Janeiro 17th, 2012

 

[postcasa size=”large”]http://picasaweb.google.com/data/feed/base/user/113108309935903096855/albumid/5698538331600605057?alt=rss&kind=photo&hl=pt_PT[/postcasa]

No dia 22 de Dezembro de 2011 realizou-se a Festa de Natal com as crianças e adolescentes que são ou foram acompanhadas pelo CAFAP da Murtosa. A festa teve início a partir das 14.30h e contou com a presença de 30 crianças/ adolescentes.

Foram preparadas algumas actividades a realizar durante a festa, nomeadamente: visionamento de filmes, actividades manuais, dinâmicas de grupo e um lanche.

A festa iniciou-se com o visionamento do filme “The Polar Express” pelos mais novos, enquanto os mais velhos realizaram algumas dinâmicas/actividades de apresentação, de forma a que o grupo tivesse oportunidade de se conhecer.  No final desta primeira parte das actividades fez-se uma pausa para o lanche.

De seguida, retomaram-se as restantes actividades programadas: o visionamento do filme “Sozinho em casa 2”pelos mais velhos e a realização de postais de natal e pintura de alguns desenhos sobre a temática referente ao Natal, pelos mais novos.

Os principais objectivos da Festa de Natal prenderam-se com o promover do convívio/ socialização das crianças/adolescentes entre si e com a equipa do CAFAP e manter a tradição da quadra natalícia.

A s crianças/ adolescentes manifestaram ter gostado da festa e esta terminou por volta das 17.30h. No final, as estagiárias de Psicologia ofereceram às crianças e adolescentes algumas guloseimas para levarem para casa.

CAFAP – Comunicação na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra


Terça-feira, Julho 5th, 2011

[postcasa size=”large”]http://picasaweb.google.com/data/feed/base/user/113108309935903096855/albumid/5625904827045192705?alt=rss&kind=photo&hl=pt_PT[/postcasa]

A equipa do CAFAP da Santa Casa da Misericórdia da Murtosa foi convidada pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, por intermédio da Dra. Ana Melo, para realizar uma comunicação para os alunos do 1º ano do Mestrado em Psicologia Clínica e Saúde – Subárea de especialização em Sistémica, Saúde e Família.

Esta comunicação esteve inserida na unidade curricular de Intervenção Sistémica II: Contextos de Aplicação e procurou fazer uma integração e exploração dos principais aspectos do modelo de intervenção que foi adoptado pela equipa do CAFAP – Modelo de Avaliação e Intervenção Familiar Integrada – MAIFI (Melo & Alarcão, 2011). Este modelo é utilizado pelo CAFAP da Santa Casa da Misericórdia da Murtosa no acompanhamento que é efectuado às famílias que entram no Eixo 1 de intervenção: Avaliação e Intervenção Familiar Integrada.

A equipa do CAFAP considerou a experiência muito positiva, manifestando o seu agradecimento pelo convite que lhe foi endereçado!

CAFAP – Comunicações no 2º Encontro “Crescer em Família”


Terça-feira, Julho 5th, 2011

[postcasa size=”large”]http://picasaweb.google.com/data/feed/base/user/113108309935903096855/albumid/5625884347615870961?alt=rss&kind=photo&hl=pt_PT[/postcasa]

 

A equipa do CAFAP da Santa Casa da Misericórdia da Murtosa foi convidada pelo CAFAP “Saber para Crescer” da Associação de Solidariedade e Acção Social (ASAS) de Santo Tirso, para realizar comunicações nas duas sessões plenárias do 2º Encontro “Crescer em Família”. Este 2º Encontro realizou-se no passado dia 27 de Maio de 2011, na Escola Profissional Agrícola Conde S. Bento, em Santo Tirso, entre as 9h00 e as 17h45.

Neste Encontro, a equipa do CAFAP preparou duas comunicações que foram apresentadas durante as sessões plenárias que se realizaram para anteceder os workshops que estavam previstos dentro de vários temas. A sessão plenária da manhã foi subordinada ao tema “Avaliação Familiar em Situações de Risco/ Perigo”, tendo sido moderada pela Dra. Mariana Negrão, da Universidade Católica Portuguesa do Porto. À tarde, foi apresentada uma comunicação que versou o tema “Intervenção Familiar em Situações de Risco/ Perigo – Construção e Negociação de um Projecto de Mudança” e que foi moderada pelo Dr. Pedro Dias, da Universidade Católica Portuguesa do Porto. Estas comunicações foram elaboradas tendo em conta a experiência que a equipa do CAFAP tem tido com as famílias acompanhadas ao longo dos anos de prática desenvolvida no concelho da Murtosa.

A equipa do CAFAP considerou a experiência muito positiva, manifestando o seu agradecimento pelo convite que lhe foi endereçado!

Estágios de Psicologia – Programa de Treino de Competência – “A Caminho da Escola”


Sexta-feira, Julho 1st, 2011

[postcasa size=”large”]http://picasaweb.google.com/data/feed/base/user/110159156063543554708/albumid/5624350070238309569?alt=rss&kind=photo&hl=en_US[/postcasa]

As estagiárias de Psicologia da Santa Casa da Misericórdia da Murtosa (SCMM), alunas do segundo ano de Mestrado de Psicologia Clínica, ramo de Família e Intervenção Sistémica do Instituto Superior Miguel Torga de Coimbra, à semelhança do que aconteceu no Lar de Idosos e Centro de Dia, realizaram também algumas actividades no Infantário.

Assim, as estagiárias consideraram ser útil a implementação de um programa de desenvolvimento de competências junto das crianças da sala dos 5 anos. O programa de desenvolvimento de competências denominado “A Caminho das Escolas” foi integralmente construído pelas estagiárias, a partir das necessidades identificadas na avaliação previamente efectuada. Este programa procurou promover nas crianças as competências que se encontravam menos consolidadas, facilitando assim a transição para o 1º ciclo do ensino básico e contribuindo para o seu crescimento e desenvolvimento saudável e seguro. Pretendeu ser, antes de mais, uma actividade de apoio ao currículo de que as crianças beneficiam no pré-escolar.

Para que a implementação deste programa fosse pautada por critérios de qualidade e rigor metodológico, foram tomadas algumas medidas, designadamente: pedido de autorização aos pais para a participação no programa (Dezembro de 2010); avaliação da percepção dos pais acerca do desenvolvimento das suas crianças (Dezembro de 2010); avaliação da percepção da Educadora relativamente ao desenvolvimento global das competências da turma (Dezembro de 2010); avaliação individual de cada criança, no que se refere ao desenvolvimento das principais competências, consideradas como pré-requisitos essenciais à aquisição de aprendizagens no 1º ciclo do Ensino Básico (Janeiro de 2011). Estes procedimentos tiveram como objectivo a recolha de uma série de dados que permitiram, posteriormente, a construção do programa propriamente dito, adaptado às necessidades específicas das crianças desta turma.

A implementação do programa decorreu durante os meses de Março a Maio, em 8 sessões, através da realização de actividades e dinâmicas sobre os temas/ conceitos globalmente menos consolidados (competências auditivas, conceitos numéricos, competências grafo-motoras, conceitos linguísticos, competências visuais e competências de motricidade global). O programa foi construído tendo por base a metáfora do traje académico de um estudante universitário.

Assim, em cada sessão foi trabalhado um dos temas e, no final, atribuído um brinde à criança (por exemplo, bengala, cartola, gravata, etc.), simbolizando o esforço realizado por esta no treino daquelas competências específicas. No final, as crianças trajaram, usando todos os brindes recebidos. Durante a implementação do programa, foram ainda enviados folhetos informativos aos pais, para que em casa pudessem também reforçar as competências trabalhadas na sessão.

 

Ao longo das sessões foi notória a evolução das crianças, tanto a nível do desenvolvimento das competências trabalhadas, como a nível da relação estabelecida com as dinamizadoras, pelo que se considera que o programa poderá ter sido útil para uma melhor transição para o 1º ciclo do Ensino Básico.

Estágios de Psicologia – Actividades no Lar e Centro de Dia


Terça-feira, Junho 14th, 2011

[postcasa size=”large”]http://picasaweb.google.com/data/feed/base/user/113108309935903096855/albumid/5618038907930903313?alt=rss&kind=photo&hl=pt_PT[/postcasa]

As estagiárias de Psicologia da Santa Casa da Misericórdia da Murtosa (SCMM), alunas do segundo ano de Mestrado de Psicologia Clínica, ramo de Família e Intervenção Sistémica do Instituto Superior Miguel Torga de Coimbra, realizaram algumas actividades no Lar de Idosos e Centro de Dia.

Algumas das actividades mais relevantes prenderam-se com avaliações psicológicas realizadas aos idosos e com a implementação de um Programa de Estimulação Cognitiva.

Relativamente às avaliações psicológicas, estas foram realizadas pelas estagiárias a 12 idosos, recorrendo a testes e instrumentos construídos para esse efeito. Posteriormente, foram redigidos relatórios com os resultados correspondentes a essas mesmas avaliações.

No que se refere ao Programa de Estimulação Cognitiva, este denominou-se “Tempo de sorrir”. O programa contou com sete sessões, realizadas nos meses de Abril a Junho, tendo cada uma a duração de 120 minutos. Estas sessões foram dinamizadas pelas estagiárias, nas instalações da SCMM, onde foram realizados pelos idosos, jogos e tarefas de estimulação cognitiva, com os seguintes objectivos: promover o desenvolvimento cognitivo dos idosos; retardar do envelhecimento, através da estimulação e desenvolvimento de modos de intervir que promovam o bem-estar físico e psicológico dos idosos. Esta estimulação centrou-se principalmente nas áreas da atenção, destreza mental, concentração e raciocínio lógico, memória visual e espacial, memória auditiva, memória táctil, coesão e interacção grupal, relacionamento interpessoal, compreensão verbal, abstracção lógica e tomada de decisão individual e em grupo.

A intervenção em grupo, com estimulação cognitiva, permitiu às estagiárias contribuírem para a melhoria da qualidade de vida dos idosos, preservando as suas capacidades funcionais, a autonomia e independência.

CAFAP – Acções nas Escolas_2011 – Violência


Segunda-feira, Junho 13th, 2011

[postcasa size=”large”]http://picasaweb.google.com/data/feed/base/user/113108309935903096855/albumid/5617779993258024961?alt=rss&kind=photo&hl=pt_PT[/postcasa]

No passado mês de Maio, foi implementado um programa de prevenção, intitulado “Pensar antes de Agir”, nas Escolas Básicas do Celeiro, Monte, São Silvestre e Pardelhas, tendo sido direccionado aos alunos do 4º ano. A Escola Básica da Murtosa e a Escola Básica Integrada com Jardim de Infância da Torreira não foram alvo deste programa no corrente ano, uma vez que já haviam sido abrangidas no ano transacto.

Este programa é composto por três sessões, com temas directamente relacionados com a Violência: a primeira sessão visou introduzir os participantes ao tema do Bullying; a segunda, centrou-se nos aspectos relacionados com a Violência no Namoro e a terceira focou-se nas questões relacionadas com a Violência na Família.

As acções abrangeram 79 alunos do 4º ano de escolaridade, tendo coberto as escolas supra referidas.

Este programa foi construído e implementado, uma vez que se considera que a exploração destes temas com crianças nesta idade escolar, poderá prevenir comportamentos violentos ou de passividade perante a violência, quer no contexto escolar, quer noutros contextos em que se desenvolvam.

CAFAP – Programa de prevenção: SABER PARA (ES)COLHER


Quarta-feira, Abril 13th, 2011

[postcasa size=”large”]http://picasaweb.google.com/data/feed/base/user/110159156063543554708/albumid/5595466299788394945?alt=rss&kind=photo&authkey=Gv1sRgCLaGz8KWmPvuZw&hl=en_US[/postcasa]

 

No passado dia 26 de Março, foi desenvolvida uma sessão subordinada ao tema “Comunicação e Trabalho em Equipa/ Resolução de Problemas”, com as turmas da Escola de Infantes e Cadetes.

Esta segunda sessão surge na sequência do Protocolo de Cooperação estabelecido entre a Santa Casa da Misericórdia da Murtosa e a Associação dos Bombeiros Voluntários da Murtosa. No âmbito deste protocolo, o CAFAP encontra-se a desenvolver o Programa de Prevenção “SABER PARA (ES)COLHER” com as crianças da referida escola, as quais se encontram subdivididas em três grupos, de acordo com as suas idades: Grupo Alfa (com idades compreendidas entre os 6 e os 10 anos); Grupo Bravo (entre os 11 e os 14) e Grupo Charlie (entre os 15 e os 18). No dia 27 de Novembro de 2010 já havia sido realizada a primeira sessão do referido programa, a qual se debruçou sobre o tema “Gestão de Emoções e Sentimentos”.

Este programa tem como objectivo complementar o trabalho que vem sendo realizado com as crianças e jovens pelos monitores da Escola, capacitando-as de competências pessoais e sociais, de modo a reduzir factores de risco e aumentar factores de protecção. Pretende-se, sobretudo, que as crianças/ jovens se tornem mais fortes e confiantes nas suas escolhas do dia-a-dia.

Nesta segunda sessão, foram abrangidos os grupos Alfa e Bravo, num total de 29 crianças. A sessão com o grupo Charlie foi realizada no dia 9 de Abril, por conveniência de horário, tendo abrangido 13 adolescentes. No total, estiveram presentes nas sessões 42 crianças/ jovens. As actividades desenvolvidas com as crianças permitiram reflectir um pouco acerca das características específicas da Comunicação, bem como de estratégias que podem facilitar o trabalho em equipa e a resolução de problemas. Estas competências são fundamentais para o desenvolvimento das crianças/ jovens e são-no ainda mais no contexto de um grupo onde têm, frequentemente, que desenvolver actividades em conjunto.

CAFAP – Acção de Sensibilização “Maus-Tratos a Crianças”


Quarta-feira, Abril 13th, 2011

No dia 16 de Março de 2011, a Equipa do CAFAP dinamizou, junto das Educadoras do Infantário da Santa Casa da Misericórdia da Murtosa, uma acção de sensibilização subordinada ao tema “Maus-Tratos a Crianças”.

Esta acção, que teve a duração de três horas, contava com os seguintes objectivos: familiarizar os participantes com as características dos vários tipos de maus-tratos, bem como com os indícios que podem ser observados em cada um deles e o impacto sobre o desenvolvimento da criança; informar acerca das possibilidades de acção em cada uma das situações de preocupação; introduzir as noções de risco e de perigo; sensibilizar os participantes para possíveis estratégias de prevenção dos maus-tratos, a serem implementadas em contexto de sala de aula.

Com base em situações hipoteticamente reais, o grupo foi convidado a reflectir em torno das questões directamente relacionadas com o reconhecimento dos maus-tratos a crianças, bem como em relação às opções de acção, no contexto da realidade local.

No final da acção, foi efectuada uma avaliação por parte dos participantes, tendo sido reforçada pertinência e utilidade da mesma.

CAFAP – Auto(Ria)


Quarta-feira, Abril 13th, 2011

[postcasa size=”large”]http://picasaweb.google.com/data/feed/base/user/110159156063543554708/albumid/5595473755524679409?alt=rss&kind=photo&authkey=Gv1sRgCI2Y8vWv8ebOSg&hl=en_US[/postcasa]

No passado dia 9 de Março de 2011, o CAFAP terminou a dinamização do Programa de Prevenção e Intervenção em Meio Familiar com filhos adolescentes – Auto(Ria).

Durante 13 sessões, pais e filhos foram convidados a realizar uma “viagem” pelas suas próprias famílias, através do acompanhamento da história da “família Silva”, que havia sonhado construir um barco moliceiro para navegar na Ria e preparar os seus filhos para a vida adulta. O barco é encarado, metaforicamente, como a própria família, que se constrói, progressivamente, a partir de várias dimensões: os pais foram tendo oportunidade de reflectir acerca da identidade familiar, das suas forças, dos seus sonhos, dos seus valores, em suma, da forma como sempre pretenderam criar os seus filhos e como sempre sonharam a sua família. Depois de terem tido espaço para encetarem estas reflexões, foram convidados a entregar aos seus filhos o “fruto” do seu trabalho – o próprio moliceiro construído. Os filhos receberam, portanto, o “testemunho” dos seus pais, convertendo-se, eles próprios, em construtores da sua auto(ria) e em co-construtores da sua família. Com o trabalho desenvolvido pelos filhos, sempre com a monitorização dos pais, estes foram “apetrechando” o seu barco, dotando-o dos instrumentos que podem tornar a vida em família mais fácil e feliz e preparando-os, simultaneamente, para irem pensando no seu futuro, enquanto adultos autónomos e autores.

No final, tal como conta a “história” da família Silva, os filhos, a Rita e o João, estavam finalmente preparados para navegarem sozinhos na Ria. Tinham um barco sólido para navegar, barco esse que os seus pais haviam arquitectado e tinham apetrechos que lhes permitiriam antecipar algumas das dificuldades que a travessia da vida poderá levantar. Estavam portanto, preparados para a “viagem inaugural”…

Também as famílias participantes deste grupo foram convidadas a, simbolicamente, realizarem a sua “viagem inaugural”. Neste sentido, todos nos deslocámos ao cais do Bico, para fazer a largada dos barcos moliceiros que haviam sido construídos ao longo das sessões. Nesta viagem, os adolescentes tinham um papel de destaque, mantendo-se os seus pais como observadores atentos. No final da largada, todos foram convidados a partilhar um lanche-piquenique.


© 2009 Santa Casa da Misericórdia da Murtosa | desenvolvido com Wordpress | Template por Jorge Oliveira | Entries (RSS) and Comments (RSS).